O australiano que resgatou o próprio cachorro do corredor da morte e abandonou a família para fugir com o animal foi condenado recentemente a seis meses na prisão.
Segundo informações do Discovery News, um júri de Adelaide ouviu o ex-campeão de boxe Ronnie Gilbertson, 42, que agiu por amor a Max, um mestiço de Sttafforshire que fora condenado à morte por atacar o cão do vizinho.
Gilbertson usou alicates de cerca para libertar Max e voou para o oeste australiano, antes de ser preso em julho. Ele alegou-se culpado de negar o pedido da corte para devolver o cachorro.
“Ele não podia suportar a ideia de entregar Max para a morte”, disse a advogada de defesa Joana Fuller. “Suas ações foram motivadas pela consideração ao cachorro e apenas isso. Seu amor por esse cão é maior que a qualquer outra motivação para tomar decisões contrárias ao resgate.”
O juíz Peter Brebner considerou Gilbertson, que abandonou a parceira e dois filhos na fuga, “espirituoso e pertinente” em desobedecer a ordem judicial. Enquanto isso, Max morria nas mãos de um veterinário em Perth.
Fonte:anda
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: