Início > reino animalia, zoo virtual > Arraia-pintada

Arraia-pintada



Descrição 
arraia-pintada (Aetobatus narinari) é um peixe da família dos miliobatídeos. A sua boca assemelha-se ao bico de uma ave, e a cauda a um chicote com 1 a 5 ferrões.

O seu revestimento dorsal é azul-escuro, com manchas brancas; a região ventral é branca, o que lhe permite uma eficaz camuflagem, vista de cima ou de baixo. Seu dorso possue coloração cinza a marrom com manchas brancas nos jovens, e anéis desta cor nos adultos.
Nada graciosa e activamente durante longos períodos em mar aberto, por vezes, perto da superfície. Chega a cruzar as grandes bacias oceânicas.

Frequentemente as suas barbatanas são avistadas fora de água! Os seus dentes achatados, constituídos por placas ósseas em série, permitem-lhe esmagar as carapaças e as conchas das suas presas. 

Os maiores exemplares podem atingir uma envergadura máxima de 3 metros e uma massa de 230 kg. 

Alimentação 
Possui uma boca no inferior da cabeça, com dentes serrilhados.Alimenta-se de crustáceos , plânctons e moluscos e outros pequenos animais como: vermes, caramujos e camarões. Para capturar seu alimento a raia fica semi-enterrada na areia esperando seu alimento.

Quando a presa se aproxima ela da um rápido e certeiro bote.Cobrem a vítima com suas nadadeiras peitorais e em seguida abocanham a presa. 

Reprodução 
Durante sua migração e reprodução costuma formar enormes cardumes.Nesta época ao fugir dos predadores pode ser vista executando saltos espetaculares para fora da água.
 

A reprodução da raia pintada é realizada por todo ano em pares ou em trios.Os machos perseguem uma fêmea, montando-a.Após muitas tentativas quando chega a morde-la no dorso. Os filhotes, de 3 a 4, nascem de 17 a 33 centímetros. 

Habitat e Distribuição Geográfica 
As raias pintadas podem ser encontradas em todas as águas tropicais do atlântico. No Brasil ocorrem mais freqüentemente no sudeste e sul do país.Elas ficam normalmente no fundo de estuários e baías, apesar de serem capazes de nadar grandes distâncias em mar aberto.

Vive solitária ou em pares e em pequenos grupos, eventualmente em cardumes, nadando próximo da superfície ou do fundo, fica em estuários e baias.

fonte:zoo virtual

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: